EXPOSIÇÃO – MULHERES NA HISTÓRIA DA EUROPA E DO MUNDO | 8 de março de 2022

     O “Dia Internacional da Mulher” é assinalado pela comunidade internacional a 8 de março. Em 1975, este dia foi instituído pelas Nações Unidas. Surge como corolário de uma tradição de protesto e de luta das mulheres contra a exploração e a opressão a que tem sido submetidas ao longo das diferentes épocas da História. Atualmente, a data é comemorada em mais de 100 países.

     Este ano a ONU, propôs o tema “Igualdade de Género hoje, para um amanhã sustentável”, como mote para a comemoração internacional deste dia.

    O Clube Europeu da Escola Secundária António Gedeão, em articulação com o Grupo Disciplinar de História, organizou uma exposição para assinalar este dia.

    A exposição temática – Mulheres na História da Europa e do Mundo – contou com a participação de alunos do 3º Ciclo e do Ensino Secundário que com a sua pesquisa e reflexão produziram trabalhos que contribuíram para informar, destacar e valorizar o papel imprescindível que as mulheres desempenharam (e desempenham) na História da Humanidade, da Antiguidade à Contemporaneidade, na Europa e no Mundo.

   Uma viagem no tempo para quem vê a exposição. Das lendas da Antiguidade Clássica à intelectualidade da Idade Média, dos sofrimentos vividos no Holocausto ao relevo científico e social desempenhado nos nossos dias, às mulheres anónimas que fazem a diferença no século XXI. Com pouca cultura, trabalham em conjunto nas suas comunidades, envolvidas em iniciativas de sustentabilidade, tendo o seu trabalho resultado em ações climáticas mais eficazes.

    Percorrendo um caminho difícil, a Mulher fez-se ouvir e dignificar no curso dos tempos. Por todos os motivos que possamos encontrar, a História e a Escola têm o dever e a responsabilidade de celebrar o Dia Internacional das Mulheres, ano após ano. Como afirmou Evelyn Regner em 2021 no Parlamento Europeu “as mulheres não só conseguem resistir a qualquer crise, mas estão na vanguarda da política futura. Vamos finalmente fazer do século XXI, o século das Mulheres”.

Share Button